20150510_mafra

GNR TRAIL – Famílias Contra a Violência

Realizou-se no domingo um “trail” Solidário, organizado pela GNR na Tapada de Mafra. Os Ronhonhós Running Team apresentaram-se, em família.

Organizado pela GNR de Mafra, este “trail” 100% solidário levou os participantes a percorrer cerca de 18kms na Tapada de Mafra. Em simultâneo decorria uma caminhada com cerca de 7kms e haviam actividades infantis ao lado do Convento.

Eu, a Elsa e a Sara fomos com objectivos diferentes. Por mim, ia para correr, o mais rápido que conseguisse, com um parceiro que ia puxar-me até ficar de língua de fora. A Elsa e a Sara iam para as actividades infantis (insufláveis e jogos para crianças) e depois ficaríamos para um picnic com uns amigos que haviam de chegar.

Na zona da partida, milhares de pessoas presentes, muitos amigos e conhecidos, e muitas toneladas de donativos entregues. A “solidariedade” deste trail era pedida em géneros, não haviam trocas monetárias e, aos participantes inscritos, era dada uma pulseira identificativa, uma camiseta técnica e um seguro de acidentes pessoais.

Para o percurso, o meu parceiro por motivos imperiosos e de força maior, não pôde comparecer, mas não deixei de cumprir o combinado e correr o mais que pude, com ele (telepaticamente) sempre a azucrinar-me para acelerar, especialmente nas subidas. O meu “normal” em todo-o-terreno para distâncias de 25km ou menos são uns fantásticos 8’30” (nos dias bons) a 9′ por quilómetro, desta vez foram uns supersónicos 7’45” portanto, fui mesmo “lançado”.

Mesmo “lançado”, deu para apreciar a paisagem, parar (brevemente) nos fantásticos abastecimentos, ouvir e aplaudir os músicos e nunca me perder devido às marcações exemplares num percurso técnico qb, muito equilibrado e bem adequado a iniciantes e a quem gosta de correr em todo-o-terreno.

Muitas provas pagas não são tão boas, a esse nível geral, como esta prova “grátis” (pelo menos para quem correu porque, como sabemos, tudo na vida tem seu preço). Deu também para apoiar os participantes da caminhada que ia passando às dezenas no último terço do percurso, e agradecer a todos os voluntários que encontrava no caminho estarem ali para nós.

No final, passagem por dentro da Escola de Armas e chegada ao sítio da meta, que coincidia com a partida, recolha de duas águas e toca de ir ter com as Ronhonhós e amigos para o picnic, porque a vida não é só corrida ;)

One comment

  1. Foi realmente um evento solidário fantástico!! Existem muitas provas pagas e bem pagas que não têm tanta qualidade.
    Eles tinham simpatia e muita vontade de que tudo corresse pelo melhor. E correu, e esse mérito é apenas deles!
    Foi uma manhã fantástica!!!

    Venham mais assim :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *