corrida_marinha

Primeira corrida da Marinha

O plano para este dia era outro, corrida Volkswagen em Palmela mas, devido a algumas questões logísticas, a opção foi a primeira corrida da Marinha.

A prova, com 10km arrancava do Museu da Marinha (Belém) e ia até à Ribeira das Naus. A caminhada, com 5km, partia da Cordoaria Nacional, 30 minutos depois e terminava no mesmo sítio da prova principal.

Ressalve-se que, na inscrição para esta prova, havia a opção de a fazer sem tshirt, o que tornava a inscrição mais acessível monetariamente (e tshirt’s já tenho muitas).

De ressalvar também, e isto é importante, que todas as receitas obtidas serviam para ajudar as famílias dos pescadores de Caxinas.

Sem grandes objectivos de tempo, muito menos de quebra de recordes, fui com a Elsa e a Sara de autocarro até Belém. Tomámos um café na “Chique” e fomos para os respectivos pontos de partida. Nos Jerónimos, encontro com algumas amigas e amigos que iam participar na prova (que teve 519 atletas a terminá-la) e arranque um minuto antes da hora prevista.

O dia estava quente, a prova só tinha um abastecimento, pouco antes da Cordoaria, nada problemático para mim. Chegado à Cordoaria, deixo uma garrafa de água com a Elsa e a Sara (que arrancaram para a caminhada um ou dois minutos depois da minha passagem), e considero seriamente ficar por ali e fazer o resto do percurso a caminhar com elas mas, já que ali estava, segui a correr.

Pelo caminho, encontro (e paragem para cumprimento) ao Marco Borges e à Andreia Oliveira, e seguir a correr, até chegar à meta em 57 minutos, um tempo “nem carne, nem peixe”. Claro que, se não tivesse parado e ficado um pouco com a Elsa e a Sara lá atrás, nem parado para cumprimentar esta “mega claque” teria feito menos de 55 minutos mas, não era objectivo.

Chegado ao final, duas águas, fruta, uma bebida isotónica daquelas carregadas de açúcar, novo encontro com a Andreia e voltamos para trás, apoiámos os atletas que passavam e encontramos de novo a Elsa e a Sara, que vinham acompanhadas com o Marco, e vamos de novo juntos, os quatro (a Sara ia de carrinho) a caminhar, até à zona da chegada.

Medalhas recebidas, fizemos uma breve visita à feira da Marinha que se desenrolava na zona da chegada, e fizemo-nos à estrada para outras paragens, porque a vida não é só corrida ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *