20140805_goma_cover

A desengomar as sapatilhas

Aproveitando o fim de tarde de Verão, depois do dia de trabalho, e com o pretexto de desengomar as sapatilhas Asics GT-2000 2, fui a correr até Belém, ter com a Elsa e a Sara, que andavam por lá a aproveitar as férias e a fazer uma caminhada/corrida à Beira Tejo com outra amiga.

Saí do escritório, fui a casa mudar de equipamento e lá me “arrastei” para rua. Tinham passado dois dias do UTNLO 2014, e ainda estava cansado. Pessoalmente, não gosto de considerar nenhum treino que faço como “treino de recuperação”. Recuperação? De quê? Ou se treina, ou não se treina, “mais depressa ou mais devagar, há-de-se lá chegar”.

Indo então à Beira Rio, nos “Meninos do Rio” fui chamado por dois atletas da nossa praça (que pediram para permanecer incógnitos), que à paisana discutiam planos para o II Trail Transfronteiriço de Barrancos a realizar em Novembro de 2014. Depois de uma breve troca de impressões, sobre a prova e sobre formigas, entre outras coisas pequenas, segui em frente, até finalmente me encontrar com a Elsa e a Sara, as restantes Ronhonhós Running Team, perto da Estação Fluvial de Belém.

Aí, pude apreciar o espetáculo deslumbrante do auto-caravanismo ilegal e descarado, mesmo ao pé de um sinal de trânsito que indica ser permitido pernoitar. Bem sei, não era noite ainda mas, apostava um cêntimo que todas aquelas auto-caravanas estacionadas tencionavam ficar ali pelo menos até ao dia seguinte. Apostava, e não perdia.

Vistas as vistas, arrancámos para casa, já de carro então, porque a vida não é só corrida ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *