20150617_arames_blog

Presos por arames

Corrida urbana por Lisboa, subimos quase tudo o que havia a subir à velocidade máxima e acabámos presos, por arames…

Oito da noite, doze participantes presentes por “adjudicação directa”. O treino, diferente do habitual, embora prevendo-se todas as subidas e mais algumas, o percurso seria desenhado, aproximadamente, em tempo real. Definimos à partida por onde passar e, entre sítios, improvisávamos.

Passámos no novo jardim da Cerca da Graça, pela Mouraria, Martim Moniz, Rato, Estrela, fizémos uma corrida desalmada contra o Elevador da Glória e regressámos ao ponto de partida com dezassete quilómetros e qualquer coisa percorridos.

Na chegada, uma sessão de tango a decorrer, onde dois dos presentes ainda deram uma perninha rápida, porque a vida não é só corrida ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *