Monsanto fica esta semana um pouco mais pobre 

Enquanto na “comunidade online” se discute o eventual porquê de o “Trail do Curral de Bóinas” ter deixado de pertencer ao Campeonato Nacional de Trail, para mim há algo que me deixa muito mais triste do que isso. O Pedro Conceição e o Marco Borges deixaram de guiar treinos regulares na Serra de Lisboa, Monsanto.

Bem sei que isto pode ser visto como uma atitude redutora quanto à “big picture” do “Trail nacional” mas, confesso, toca-me mais do que um Campeonato Nacional ao qual não ligo muito.

O Pedro e o Marco, cada um deles à sua maneira e na sua hora, souberam criar um círculo de influência e  cultivar um grupo de amigos que se multiplicam e repetem noutros grupos e que se manifestam Portugal (e não só) afora.

A “hora do esquilo” e os “treinos das tartarugas à segunda” ganharam (pelo menos no meu Universo e dos que me são mais próximos) presença constante, em grande parte devido à presença e força “destes dois”. Bem sei, imagino, que ambos os eventos se continuarão a realizar mas não serão, pelo menos para mim, a mesma coisa.

Desde que conheço o Pedro e o Marco, não consegui infelizmente treinar com eles todas as vezes que gostaria, mas a vida é mesmo assim e se isto fosse futebol diria “bola para a frente”.

Assim, a ambos desejo boa sorte, e deixo um até breve, vemo-nos num trilho por aí, ou noutro sítio qualquer, porque a vida não é só corrida ;)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *