pavnesc_ibr

Comandos por um dia

Não é todos os dias que temos a oportunidade de percorrer a pista de obstáculos dos Comandos na Carregueira. 1 de Fevereiro de 2015, foi o dia.

Depois da sessão de recrutamento no Jamor, apresentámo-nos como equipa no Iron Brain Race preparados para o que desse e viesse. Embora eu já tivesse feito o percurso na semana anterior, os meus companheiros de equipa não o conheciam para além dos vídeos partilhados nas semanaes anteriores e o meu “relato difuso” acerca dos túneis e da lagoa que haviam por lá.

Antes da partida brincámos um pouco nas minúsculas poças de água e lama na zona da partida, o que causou desconforto a alguns dos participantes que nos rodeavam. De certeza que não sabiam ainda, a maioria, onde se iam meter. Juntos com a Hélia, que acabou por se tornar parte integrante da equipa, arrancámos para o percurso coesos e calmos como planeado. Partiamos juntos, fariamos os obstáculos juntos e chegariamos juntos e, assim foi, como uma equipa se deve comportar.

Cumprimos todos os obstáculos e ultrapassámos cada um de nós nossos receios, sozinhos ou acompanhados, dependendo do obstáculo. Uns tinham medo das alturas, outros dos túneis, outros de estar descalços, outros das lagoas e outros ainda, medo de nada (o que é um medo só por si).

O circuito, duro sem dúvida. Embora não houvessem muitos obstáculos artificiais (haviam contentores para escalar e fardos de palha, fazendo alguns “desenhos”) os obstáculos naturais eram mais do que suficientes para o objectivo em questão, de superação.

Chegámos ao fim contentes e exuberantes, estafados e molhados. Ajudámo-nos uns aos outros, pregámos partidas (a meia, Elsa, a meia), engolimos pirolitos, dissémos palavrões, passámos frio e transpirámos e tivemos calma, muita calma, e paciência, e tolerância, porque a calma, a paciência e tolerância também se treinam e a Iron Brain Race foi, sem dúvida, um bom treino para essas três componentes.

Resta-me deixar algumas palavras de agradecimento.
Em primeiro lugar, à organização, especialmente ao Diego Sacco, pela oportunidade de estarmos presentes na Iron Brain Race. Logo de seguida, à fantástica equipa com quem partilhei esta manhã de desafio, Joel, Elsa, Joana, Patrícia, Hélia e Carlos (o nosso General sem medo) e por fim aos Comandos, que nos cederam o seu “recreio”. Acreditem que honrámos o vosso percurso de treino, obrigado!

pavnesc_ibr_bottom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *